Grão - Editora Pólen - livro infantil
Grão – Editora Pólen

 

Por Padmini

 

Em um livro de completude impressionante, a gente conhece a avó e a menina.
Completude daquelas que fazem o objeto livro tão incrível, tão admirável em sua forma de contar histórias. É que se unem: Carla Kinzo com um texto extremamente sensível, doce e belo. Rafa Anton com uma ilustração de lacrimejar olhos. E a Editora Pólen (nova parceira) com um projeto gráfico admirável e inovador.
O resultado é o livro GRÃO, que vem unir, por sua vez, a avó, a menina e a poesia.
Amor entre a avó e a menina
Amor entre a avó e a menina
A menina admira a avó pelo seu “jeito de ver o mundo com as palavras”, e quer ser poeta como ela. Então, ganha um caderninho, cheio de folhas em branco para explorar.
(Reparem que o formato do livro e sua proposta gráfica remetem a um caderninho também)
Mas será fácil preencher esses vazios do caderno?
A menina leva o caderninho para a rua, na esperança de que surja um poema. Ela espera e espera, mas nada acontece.
Na calmaria da espera
Na calmaria da espera
É que só aos poucos ela vai aprendendo que a ansiedade e a praticidade não são do domínio da poesia. Não temos como ter muito controle sobre esse fazer. “Quando virá a inspiração?” é pergunta que certamente aflige muitos poetas.
Tudo isso pode frustrar aqueles da geração do imediatismo. E a proposta do livro é justamente apresentar o valor da espera, da paciência, do andar devagar.
O ritmo do livro é manso, assim como o grão, que não pode ter pressa para germinar, crescer e florescer. Como diz a avó: o grão “germina no silêncio, lugar das ideias”.
É também um grão que dá a primeira inspiração poética para a menina. Uma semente que, flutuando no ar e quase invisível, foi para ela como um “assombro de beleza”.
Qual será a potência desse grão? – é o que o livro nos pergunta.
Qual é nossa força de espera e dedicação, para ver nossos pequenos grãos crescerem?
Assombros de beleza
Assombros de beleza
Quando você era pequenx, quem seria capaz de dizer do quão imenso você seria? O quanto você ainda pode crescer?
Não é essa uma boa reflexão para ser vivenciada com crianças?
Então, se você quer um livro delicado, calmo, cheio de sutilezas e belezas, com muitas potências de crescimento, recomendamos o (aparente) pequeno GRÃO.
E que essa história possa bem prosperar em seu interior, em seus cadernos ou no seu jardim.

 

 

 

COMPRE DIRETO PELO SITE DA EDITORA. SÓ CLICAR AQUI!


QUER RECEBER NOSSAS DICAS DE LEITURA? DEIXE SEU E-MAIL

Da poesia e outros grãos que germinam no silêncio
Classificado como: